LLeila Kruger

Leila Kruger

Leila Kruger

%PM, %06 %700 %2017 %12:%Jun

Eu quero mais é ser feliz!

 Oi, pessoal!

 

 Em breve, vou estar lançando meu segundo livro de crônicas:

 EU QUERO MAIS É SER FELIZ, pela editora Buriti.

 

 É uma coletânea de crônicas e prosas poéticas que escrevi entre 2011 e 2017 e publiquei em meu antigo blog leilakruger.blogspot.com.br, em portais na Internet e no meu livro "A Queda da Bastilha". Foi uma maneira que encontrei de preservar meus escritos, já que o antigo blog está desativado e deixei de escrever em alguns portais. Você encontrará os mais diversos temas nesse novo livro, de amor a amizade, inveja, amor-próprio, tristeza, a situação caótica do Brasil, esperança, perguntas sem resposta etc. Em breve, mais novidades aqui!

 

 Esta é a capa do livro, que eu mesma escolhi. Penso que reflete bem o que eu quis passar ao público com essa obra, uma paz de espírito entremeada com uma vontade de viver e vencer voraz.

 

Meu livro "Eu quero mais é ser feliz"

 

 O que acharam?

 

 Beijos em todos/as,

 Leila.

%PM, %06 %684 %2017 %12:%Jun

Eu Amo Meus Leitores - Parte 1

 Oi, pessoal! 

 

 Hoje apresento a vocês a primeira postagem da série EU AMO MEUS LEITORES. Ela contará experiências de leitores com meus livros.

 Caso queira participar, envie e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou acesse Contato no site.

 Começamos com a Vanessa, que leu Reencontro! 

 

15400389 1107035286075826 8957010967930139207 n

Livro Reencontro

 

"Devo dizer de pronto que a capa me encantou. Após isso, a sinopse. E como se não bastasse, na página que se inicia o primeiro capítulo, um trecho de uma música que adoro... Não preciso dizer que foi amor à primeira vista.

 'Está bem no fundo. Não se pode alcançar... Aos poucos, vai te roubando o ar.'

Até hoje não encontro palavras para descrever a sensação que senti ao ler essa frase. Ela pode ser utilizada em vários contextos, mas quando a li, entendi exatamente do que se tratava, era uma sensação conhecida, havia muito superada, mas mesmo assim, foi como se tudo voltasse de repente, em uma lembrança.

À medida que conheci a Ana Luíza, fui me identificando. A busca pela aprovação de pais distantes, o refúgio em alternativas erradas que, depois de um tempo, se mostram apenas um agravo para as inúmeras feridas já abertas. Na verdade a vida de muitos de nós é assim, seja pelos problemas de Ana Luiza propriamente ditos, ou outros equivalentes. O fato é que é assim que acontece, pequenos problemas vão se somando uns aos outros, até que chega o dia em que as coisas simplesmente saem do seu controle, você olha para sua vida e sente que aquilo é mais do que você pode aguentar, é algo sem saída, e quanto mais você procura sair de tudo aquilo, mais complicadas as coisas se tornam e você chega à conclusão de que é tarde demais para voltar. Você se esquece dos amigos, da família, do futuro, de Deus... Porque lá no fundo do seu coração tudo já acabou, você não sente vontade de morrer, porque na verdade você já está morto. É esse o ponto no qual se encontra Ana Luiza, e a única saída racional para seus problemas parecia ser colocar um fim em tudo.

Mas sabe, milagre não seria milagre se brotasse de uma situação comum, se fosse algo fácil de se fazer. Milagres só são milagres porque desafiam o impossível, porque acontecem quando e onde você acha que não há mais nada para acontecer. E foi isso que Ana Luiza presenciou aos poucos. Ela viu pessoas chegarem para ajudá-la, e, sem ter como, ela sentiu uma força para lutar crescendo dentro dela, dia após dia. De uma alma que parecia estar morta nasceu e cresceu a esperança novamente, e junto de Rafa ela percebeu que milagres podem acontecer, que Deus envia sim anjos e os coloca em nossas vidas, que não importa o quão difícil pareçam as coisas, não importa o quão longe você vá por caminhos errados, Ele não te perde de vista, e quando você acha que realmente é o fim, quando olha ao redor e percebe que se perdeu, Ele sempre está ao seu lado para estender a mão e te trazer de volta, te dar forças de várias formas para que você consiga reencontrar o caminho certo.

'Reencontro' é um livro que me tirou lágrimas e sorrisos, me surpreendeu do começo ao fim, aliás, tem um final surpreendente.

É uma história única e que vale muito a pena ser compartilhada!"

 

Obrigada, Vanessa! :)

 

%PM, %03 %739 %2017 %13:%Jun

Seja parceiro!!

 Oi, pessoal! 

 

 Eu estou procurando parceiros, que aparecerão no site, para receber minhas obras e ajudar na divulgação! 

 Se você é uma pessoa séria, comprometida, ativa nas redes sociais, e que deseja colaborar com a literatura nacional, 

 escreva-me contando os motivos pelos quais acha que deve ser escolhido, e falando de você e de suas redes sociais.

 

 Beijos a todos/as.

%PM, %03 %715 %2017 %13:%Jun

Novo livro de crônicas chegando...

 Oi pessoal! 

 

 Venho anunciar que, em breve, estará à venda, impresso e em ebook, meu novo livro de crônicas:

 Eu quero mais é ser feliz,

 uma coletânea de crônicas que publiquei entre 2011 e 2017 em portais na Internet, em meu antigo blog (você pode vê-lo aqui: www.leilakruger.blogspot.com.br) e no meu livro A queda da Bastilha.

 O livro aborda os mais variados temas, como a situação caótica do Brasil, esperança, inveja, amor, amizades, preconceitos etc.

 Eu escolhi a foto da capa, acho que traduz bem uma paz de espírito que, ainda assim, almeja viver vorazmente. 

 

 Eu quero mais é ser feliz, novo livro!

 

 Aguardem novidades!!

 Beijos a todos/as.

 

%PM, %03 %679 %2017 %12:%Jun

Uhullll site novo no ar!!

 Finalmente o site novo está no ar! Tem info, mídia, blog e está sempre sendo atualizado. 

 Lembrando que estamos procurando parceiros para divulgação, entre em contato! 

 Beijos a todos/as.

 Leila.

%PM, %19 %758 %2017 %14:%Mai

A autora

Leila KrugerLeila Krüger é jornalista, escritora, revisora de textos e tradutora. Nasceu em Ijuí, a Colmeia do Trabalho, a noroeste do Rio Grande do Sul, em uma família de imigrantes alemães, tchecos e russos. É Mestre em Comunicação Social pela PUCRS.

Seu primeiro livro foi o romance Reencontro, lançado em novembro de 2011. Em 2016, a obra foi publicada nos Estados Unidos como The Encounter. Em 2012, lançou o livro de poemas A queda da Bastilha, e em 2014, o de contos Coração em chamas.

A autora escreve em todos os gêneros literários. Tem poemas, crônicas e contos publicados em jornais, revistas e antologias. Recebeu prêmios no Brasil em concursos nas categorias Poesia, Crônica e Conto.


Facebook
Instagram
Twitter
Wattpad

Conheça um pouco mais sobre a Leila: 

Livros de cabeceira: As sandálias do pescador (Morris West), A cabana (William Young), O velho e o mar (Hemingway), O alquimista (Paulo Coelho), Bíblia Sagrada.

Escritores preferidos: Agatha Christie, Nora Roberts, Rick Riordan, R. R. Martin, Hemingway, Wilde, Paulo Coelho, Clarice Lispector, Adélia Prado, Mário Quintana.

Comida: Lasanha e massas em geral, frango, costela de gado assada, salmão ao molho de mostarda do meu pai, atum, coxinha, pizza, massa folheada, brigadeiro de panela.

Religião: Para mim, não serve. Só Jesus.

Cor: Verde e azul. As cores do mar.

Eu amo: Cachorros, gatos, bebês, piscina, praia, pôr do sol, um bom livro que me tire da realidade, massas, Coca-Cola, massa folheada, o mar, a chuva, História, Grêmio, futebol, justiça, abraços, sorrisos verdadeiros, coisas góticas e medievais, Deus.

Eu detesto: Baratas e bichos voadores, borboletas (tenho medo), quase todas as saladas, pessoas invejosas, superficiais e moralistas.

Seriados: The Vampire Diaries, The Preacher, Friends, Everybody Loves Raymond, Eu, a patroa e as crianças, Vai que cola.

Hobbies: Ler, escrever, assistir a seriados, assistir a vídeos no YouTube, comer, dormir.

Admiro: Humildade, sinceridade e força de vontade. Autocontrole também é uma qualidade admirável.

Uma personalidade do Brasil: Paulo Coelho, Adélia Prado, Danilo Gentili, Flávio Augusto, Gisele Bündchen.

Uma personalidade de fora do Brasil: Oprah Winfrey, exemplo de superação. Obama.

Viagem de férias para onde? América Central: Bahamas ou algo assim. França, Itália e Grécia. República Tcheca. Búzios. Praias do Nordeste.

Uma frase: “Os impossíveis dos homens são os possíveis de Deus” (Bíblia Sagrada);
“Através de meus graves erros — que um dia eu talvez os possa mencionar sem me vangloriar deles — é que cheguei a poder amar.” (Clarice Lispector);
“Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada.” (Clarice Lispector).

Se o mundo acabasse amanhã, eu... Faria como todos os dias, tentaria viver como se fosse o último. Mas também iria para a Grécia, terminar tudo na ilha de Rhodes olhando o mar com um bom drinque.

O Brasil? O povo mais peculiar do mundo, alegre, brincalhão e colorido em meio a tanta miséria. Pena que tão pouca gente aqui leia livros, que haja tanta futilidade e tanta desonestidade. Nós não sabemos extrair todas as riquezas do nosso paradisíaco país. Os políticos não se importam com o povo e roubam descaradamente, como uma tradição. O país tá com muitos problemas, mas temos que ter esperança no futuro e construí-lo, mesmo com a tristeza e a incerteza.

Uma lembrança: Férias com a família no litoral de Santa Catarina.

Quero esquecer: As escolhas erradas que fiz, por carência, medo e falta de amor-próprio. E tudo o que não me faz feliz nem é útil.

Eu aprendi que... Viver é uma sucessão de recomeços, exige paciência e persistência. E que parar de sonhar é deixar de viver, essa é a morte em vida de milhares de pessoas. E aprendi que você não pode ser bonzinho demais, mas dar valor a quem se mostra merecedor e te valoriza.

%PM, %15 %989 %2017 %19:%Mai

Coração em Chamas

Editora: Multifoco
Ano: 2014
Páginas: 82

SINOPSE:
Amar duas pessoas ao mesmo tempo, amar pelo computador, matar por amor, não saber que ama, desistir de amar. Coração em chamas! Apresentam-se aqui dez histórias confessionais de amor e loucura, vividas pelas mais diferentes figuras - uma garota de programa, um padre, um poeta, uma atriz famosa, um milionário e até um amigo do poeta Álvares de Azevedo, do século XIX, entre outros.

COMPRE AQUI:

LIVRARIA CULTURA

SKOOB

 

 

“O livro como um todo é bastante realista, sem aquela idealização proposta no romantismo atual. As pessoas são mostradas como elas realmente são: humanas. O tema principal, o amor, é abordado na maioria das vezes através da vida de pessoas que são consideradas, nos dias de hoje, minorias da sociedade. Podemos elencar aqui: bígamos, prostitutas, homossexuais. Entretanto, como já dito, há também contos ligados à religião (A confissão inconfessável), violência doméstica e machismo (A prisão) e até mesmo sobre a incredulidade no amor (O Pranto das Rosas). Com passagens marcantes e altamente reflexivas, Coração em Chamas possui uma escrita fluente e até mesmo filosófica. O livro, embora pequeno, está repleto de pensamentos e críticas, sejam elas subliminares ou explícitas, à sociedade moderna. Fiquei feliz ao perceber o quão bem a autora consegue descrever e aprofundar sua narração.”
Sergio Henrique

%PM, %15 %989 %2017 %19:%Mai

A Queda da Bastilha

Editora: Confraria do Vento
Ano: 2012
Páginas: 64

SINOPSE:
Amar duas pessoas ao mesmo tempo, amar pelo computador, matar por amor, não saber que ama, desistir de amar. Coração em chamas! Apresentam-se aqui dez histórias confessionais de amor e loucura, vividas pelas mais diferentes figuras - uma garota de programa, um padre, um poeta, uma atriz famosa, um milionário e até um amigo do poeta Álvares de Azevedo, do século XIX, entre outros. 

COMPRE AQUI:

AMAZON

CIA DOS LIVROS

LIVRARIA CULTURA

SKOOB

“Gosto da maneira como você esgrima o verso livre: contida, concisa, mas com a dose cera de liberdade que ele vos faculta, ou seja, sem torná-lo ‘libérrimo’, como certa vez ironizou o poeta Paulo Mendes Campos. Talento é assim: ignora fronteiras e mistura gêneros. Abraço afetuoso do seu, Ivan Junqueira.”
Ivan Junqueira, in memoriam, membro da Academia Brasileira de Letras

“Você de fato escreveu um livro sincero, simples e por isso mesmo, belo e forte, com muita verdade interior. Que, de mais a mais, é o que interessa num bom livro. Parabéns.”
André Seffrin, escritor e crítico literário

“Trabalhando uma linguagem essencialmente moderna e um estilo difícil de ser confeccionado – a prosa poética –, Leila Krüger esbanja segurança e criatividade na elaboração de sua trama consistente e jovial. É, sem dúvida, o conteúdo de ‘Reencontro’ uma sedutora leitura; uma envolvente viagem. Com poemas, contos e prosa-poética publicados em vários jornais, revistas (quer impressos ou virtuais), sites, blogs e antologias Brasil afora, o talento da gaúcha de Ijuí começa a ser descoberto e a se destacar no território literário brasileiro.”
Majela Colares, poeta, contista e escritor

“Conhecer a obra de Leila Krüger tem sido uma das mais agradáveis surpresas recentes. A poesia brasileira ganha uma nova e exímia autora. Parabéns à autora.”
Roberto Schmitt-Prym, escritor, fotógrafo e artista plástico, curador do Museu Júlio de Castilhos – Porto Alegre – RS

           

 

           

%PM, %15 %988 %2017 %19:%Mai

Reencontro